Brasil x México na Arena Castelão – Nossa experiência na Copa das Confederações

Em 2013, durante a Copa das Confederações, aproveitamos para fazer um tour por 3 cidades-sede do torneio, além de visitar a Arena Fonte Nova em todos os jogos sediados em Salvador. Já narramos nossa experiência na Arena Pernambuco. De lá, seguimos para Fortaleza para assistir ao nosso primeiro jogo do Brasil na competição – Brasil x México, no Castelão.  

Arena Castelao 1.jpg

Marcando território. 🙂

O dia do jogo geralmente exige uma programação de dia inteiro, principalmente se você está turistando na cidade. Estávamos em Fortaleza já há 2 dias e resolvemos testar a experiência de sair para um voo logo após o jogo, na mesma noite. Sendo assim, nossos planos eram: acordar um pouco mais tarde, fazer checkout, pegar um taxi para o aeroporto, deixar as malas num guarda-volumes (que localizamos e pesquisamos no dia em que chegamos na cidade), almoçar no aeroporto e pegar o onibus da FIFA para o Castelão. Na volta, sairíamos assim que o jogo acabasse, pegaríamos o onibus de novo para o aeroporto e voaríamos de volta pra casa. Bonito no plano, não é? Posso adiantar que tudo deu certo no final, mas a ansiedade reinou durante todo o dia!

Fizemos o checkout no hotel às 11h, com previsão de chegar no aeroporto em meia-hora, de taxi, gastando aproximadamente R$35,00. Havia uma manifestação com concentração prevista para as 10h e descobrimos que os cearenses são bastante pontuais. Quando passamos pela região, no caminho para o Aeroporto, a via principal já estava bloqueada, fazendo com que precisássemos pegar um caminho alternativo. Demos uma volta enorme, demoramos meia hora mais que o previsto e a corrida ficou em R$80,00.

20140604-001839-1119168.jpg

Chegando ao Aeroporto, fomos até o guarda-volumes, que fica na área externa no andar do embarque. De longe avistamos vários armários ainda abertos e respiramos aliviados. Entretanto, quando chegamos no guichê de atendimento, a atendente nos informa que estavam todos quebrados e havia somente mais UM disponível. Graças ao hábito adquirido de viajar leve, nossa bagagem de 1 semana para Recife e Fortaleza cabia em 2 malas de mão e uma mochila. Tudo coube no guarda-volumes, mas por pouco ficaríamos sem opção. A alternativa seria ir até a companhia aérea tentar despachar logo as bagagens para um voo da noite. Nem sei se eles aceitam bagagem com tanta antecedência, mas ficamos novamente aliviados de não ter sido necessário utilizar esta opção.

Almoçamos em um restaurante de comida a quilo no Aeroporto e fomos para a fila do ônibus da FIFA, com ponto no Aeroporto. A fila estava grande, já, mas tudo estava bem organizado. Faltando 3 horas para o jogo pegamos o busu e fomos para o estádio, pois queríamos chegar cedo com receio das manifestações atrapalharem o roteiro do ônibus. Correu tudo bem, chegamos no ponto e haviam monitores para guiar o caminho. Ponto negativo foi a pouca sinalização na região – e a pouca existente era bem pequena para a multidão presente. Na hora da volta, a sinalização mais visível fez falta.

20140604-001839-1119227.jpg

Chegamos no Castelão após uma caminhada de 20 minutos. O estádio, novo, é muito lindo e majestoso. Depois que entramos, aproveitamos para conhecê-lo por dentro. Os bares estavam funcionando bem, com filas pequenas e administráveis. Demos uma volta completa no Castelão antes de sentar em nossos lugares, bem atrás de um dos pontos de escanteio. O ângulo que pegamos não era dos melhores para ver toda a partida, mas nos momentos críticos era sempre uma emoção. Banheiros do estádio estavam impecáveis, o fluxo de pessoas muito bem administrado e durante as vezes em que fomos comprar bebidas/comida não faltou nada nem pegamos filas demoradas.

Arena Castelao 2.jpg

Dá pra provar o Bolo de Rolo nas Arenas Castelão e Pernambuco!

Seleções brasileira e mexicana em campo, tocam os hinos – e acho que nesse jogo no Castelão foi a primeira vez que a torcida cantou o hino além do tempo protocolar da FIFA. Foi uma emoção sem fim. Como é que se combina uma coisa dessas, não é mesmo? De fato, somos todos juntos num só coração – e o resultado foi uma onda de euforia que tomou conta dos torcedores e jogadores ( e provavelmente tocou medo nos mexicanos, ehehe), resultando em 2 x 0 para o Brasil.

O segundo gol, já no finalzinho do segundo tempo, assistimos de pé quase na saída do estádio. Estávamos preocupados em pegar uma confusão de transporte como foi em Recife, o que com certeza acarretaria em perdermos o voo.

arena castelao 3.jpg

Invasão asteca no Castelão

 

Pois saímos do Castelão e andamos em direção ao ponto de ônibus, sem confusão ou correria. Ao chegar aos pontos, o único problema foi identificar onde estavam os ônibus de cada destino (placas muito pequenas) – mas ao acharmos o busu para o aeroporto nós entramos e conseguimos até viajar sentados. Chegamos ao Aeroporto em 15minutos, pegamos nossa bagagem e embarcamos.

Informações sobre a Copa na cidade –
 ao descermos no Aeroporto, dois dias antes do jogo, não encontramos nenhuma informação específica sobre os jogos da Copa. Havia um balcão de informações turísticas em reforma – provavelmente a intenção era terminar a reforma até o dia do jogo. Pegamos panfletos e livretos com informações genéricas sobre a cidade, apenas.

Mudaríamos alguma coisa que fizemos nesse dia?
 – Se possível, teria voltado para o hotel após o jogo. O esquema jogo+vôo funcionou, mas é muito estressante. Passamos todo o dia na rua para voar de volta pra casa de noite, chegamos moídos em Salvador. Um descanso no hotel para um voo de madrugada teria sido menos cansativo.

Meu dia perfeito de turistagem + jogo:
Passear no Centro Cultural Dragão do Mar pela manhã e almoçar na região; dali, pegar um dos busus da FIFA para o estádio; depois do jogo, pegar o busu da FIFA para a Beira-Mar, passear na feirinha e jantar num dos restaurantes da região.

Onde dá pra assistir os jogos na TV
: Em 2013 a prefeitura montou telões na praia de Iracema; na noite anterior fomos ao Restaurante Cocobambu, na Beira Mar, e estavam transmitindo jogos.

Taxi para o Aeroporto
: A rota Iracema-Aeroporto deu R$36, em condições normais de temperatura e pressão. 😉

Links interessantes sobre Fortaleza
:

O blog ABC de Férias, da amiga Liliane Sonsol:
http://www.abcdeferias.com.br/category/abc-de-fortaleza/

O site da Arena Castelão
http://arenacastelao.com/site/

O Restaurante Cocobambu, onde comemos muito bem:
http://restaurantecocobambu.com.br/cb-beira-mar

O Restaurante Le Marché, uma graça de francês para a noite em Fortaleza, indicaçao da Lili do ABC de Férias – Texto do Guru Riq Freire:

http://www.viajenaviagem.com/2013/11/programao-de-6a-em-fortaleza-jantar-no-mercado-dos-pinhoes

A barraca que fomos na Praia do Futuro (muito bom atendimento!), recomendada pela amiga Priscylla Mesquita:
http://www.itaparika.com.br

O Centro Cultural Dragão do Mar:
http://www.dragaodomar.org.br/index.php

A Cafeteria Santa Clara, local que revisito sempre que vou a Fortaleza (café, atendimento, doces, salgados, tudo bom!)
http://www.cafesantaclara.com.br/cafeteria

O Mercado Central de Fortaleza, bom pra comprar artesanato
http://www.mercadocentraldefortaleza.com.br/

A Feirinha da Beira Mar em Fortaleza
http://feirinhabeiramar.com.br/

20140604-001839-1119026.jpg

Barraca Itapariká – sol, sombra, água fresca…

 

Anúncios