Castelos na Inglaterra

Cá estou eu de casa nova e descobri que guardo uma papelada sem fim.

E a minha diversão nas últimas noites é fazer o 5S nessa papelada toda, pra ver o que guardo, o que jogo fora, o que registro de outra forma e por aí vai….

Hoje achei um folder bem legal que peguei em Londres, sobre castelos na Inglaterra, castelos lindíssimos… e eu adoro história, acho que guardei o folder porque as fotos são maravilhosas e, vendo as fotos, eu daria um jeito de me mandar pras Europas de novo.

Bom, outras razões surgiram, não vou pra Inglaterra desta vez, e pra poder jogar o folder fora e não esquecer de visitá-los em uma outra oportunidade, resolvi listar aqui seus sites…

São eles:

Arundel Castle, em West Sussex – www.arundelcastle.org

Beaulieu, em Hampshire – www.beaulieu.co.uk

Castle Howard, www.castlehoward.co.uk

Leeds Castle, em Kent – www.leeds-castle.co.uk

Warwick Castle, em Warwickshire – www.warwick-castle.co.uk

Esse último deve ser tudo de importante, pra dar o nome ao condado, né…

Pelas fotos, adorei o Arundel e o Leeds – este está a beira de um lago, inclusive. Que cenário! Não é lindo?

Leeds

Do Arundel eu não achei uma foto tão legal (na web). Mas vi no site que agora em Setembro ele vai estar fechado para a filmagem do novo filme sobre a Rainha Vitória. Então, em breve, vou vê-lo nos cinemas… 

Mais castelos podem ser conferidos no site www.treasurehouses.co.uk

Adri, vê se não esquece essa informação quando voltar nas Inglaterras…

Anúncios

Café londrino – o dia que passei a levar mais fé no meu guia de viagem…

001-cafe-da-manha-em-londres.JPG

Londres, 19/07/2004. Depois de atravessar o Atlântico pela primeira (e até agora única) vez,  sozinha e cheia de coragem, cheguei no aeroporto de Heathrow, Inglaterra. Levei umas 2 horas pra chegar no hotel, de transfer pinga-pinga (nem precisava, melhor metrô, coisas de quem é caloura nas Europas). Tive uma ótima recepção, acordei super disposta e fui para o café da manhã. 

Eu já tinha lido sobre o café dos ingleses – uma bomba calórica, com colesterol pulando do seu prato… mas, quando peguei o cardápio, li as duas opções: café inglês ou café contemporâneo. O café contemporâneo era com cereal, frios, iogurte… pensei: “hmm, isso eu conheço! E, afinal, em Londres, faça como os londrinos. E que venha o café inglês”. Quando chegou, eu tive que tirar essa foto. O sorriso é de absoluta resignação.  O café era um capuccino beeem ralinho. E no pratinho do lado, bem… eu comi as duas torradas com manteiga. Tentei comer as rodelas de tomate, brilhando de óleo. As duas salsinhas, eu me arrepiava só de olhar. E aí no prato ainda tinha cogumelos e bacon… na cumbuquinha, feijão, meio adocicado!!!

Fui tomando o capuccino  e pensando o que sairia mais caro: comer tudo aquilo e correr o risco de passar mal e perder meu único dia em Londres, ou abandonar o café que me custou 6 libras. Deixei quase tudo na mesa, e não me arrependi – o dia rendeu bastante e eu nunca vou saber o que teria acontecido se eu resolvesse encarar esse breakfast… 

Foi a única vez que contrariei o meu Guia – O viajante independente na Europa. Depois disso, passei a ler tudo com mais consideração…  😉