Munique, em tempos de Oktoberfest

Estar em Munique, em tempos de Oktoberfest, é topar, em qualquer lugar, com turmas animadas de músicos e dançarinos que espalham a cultura da Baviera aos quatro ventos.

Em nosso voo para a cidade, partindo de Lisboa, estávamos acompanhados de uma turma dessas (foto acima explicada?), que estava por lá para dar aos portugueses uma ‘amostra’ do que era a festa. Acredito, inclusive, que isso deva acontecer antes e durante o período da Oktoberfest em toda a Europa, para promover o evento.

Fomos a Munique em Setembro de 2010, e lá ficamos por apenas 3 dias, antes de pegar a Rota Romântica, passando por Schwangau, próximo ao Castelo de Neuschwanstein, e Rothemburg Ob der Tauber, terminando em Berlim.

Apesar do pouco tempo em Munique, aproveitamos muito a nossa estadia, devido a uma amizade feita há alguns anos através do Hospitality Club, onde eu conheci o Klaus. Pois ele gentilmente nos hospedou e nos apresentou a cidade. E nos recebeu como manda a ocasião!

Embolada na mão direita, uma canga com a bandeira do Brasil, que ele abanou na nossa chegada. Recepção super calorosa!

Tá vendo os coraçõezinhos pendurados no pescoço? São feitos de uma massa que lembra pão de mel, só que mais seco. Pode durar até 2 anos (na Alemanha. Em Salvador, durou 3 meses, devido a umidade do ar).  Pois eles fazem parte do kit de boas-vindas. Recebi o coração de Klaus, e Caetano recebeu o coração de Barbara. Achei muito simpático!

E carregamos o nosso no pescoço durante todo o dia. É como se fosse um selo de que você é um visitante e que está sendo (bem) ciceroneado na terra. Adorei!

E, claro, conhecer um lugar com a assessoria de um local faz toda a diferença. Imagina conhecer um evento gigante como a Oktoberfest… conhecedora do Carnaval de Salvador, entendo bem o valor de um cicerone!

Links legais para começar a viagem à Alemanha e a Munique:

Site oficial de Turismo da Alemanha

Portal Oficial de Munique e Região da Bavária

Site Oficial da Oktoberfest de Munique

*Esta viagem foi feita em Setembro/Outubro de 2010. Estivemos em Munique, Schwangau, Neuschwanstein, Rothemburg ob der Tauber e Berlim. Fizemos este circuito em 12 dias.
Anúncios

6 pensamentos sobre “Munique, em tempos de Oktoberfest

  1. Nem morta! Eu fui no fim de novembro, comecinho de dezembro! Frio e cheio de feirinhas natalícias. (eu, entre outras coisas, coleciono Papai Noel 😉 )

  2. Eu fui em Maio, sol, dias lindos, Adri, mas com October Fest, hum, será que o marido topa ir um dia he he (ainda que eu não beba cerveja, a Hofbraus me trouxe um pouco do que é a energia do lugar nessa época e até bebi uma cerveja em homenagem ao meu pai, que partiu sem ter realizado o sonho de ir lá, então, realizei para ele). Adorei o post, ainda mais que tem sua fotinho, linda!

  3. Cris, ir na Oktoberfest é muito divertido. Adorei! Mas tem que programar com antecedência, é uma época onde os preços sobem bastante.

    Eu quero voltar, daqui a alguns anos, quando conseguir reunir uma turma de amigos pra encarar a parada. Quem sabe a gente não vai junto? 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s